sexta-feira, 27 de maio de 2016

TWITTER – SEGUIDRES SATISFEITOS.
Nas redes sociais, especificamente o Twitter, onde é o lugar preferido pelas maiores personalidades desse planeta, há uma grande disparidade entre seguidores e seguidos.
Segue alguns exemplos para entendermos melhor esse raciocínio:
Se um admirador de certo escritor, cantor ou ator recebe um autógrafo de uma dessas personalidades; esse admirador se sentirá feliz e reconfortado pela atenção e carinho do seu admirado.
No Twitter não acontece isso, porque tem admirador que não dá qualquer atenção ao admirado.
Um bom exemplo para ilustrar esse raciocínio é o presidente Barack Obama.
Ele nunca deixou de reconhecer a sua origem simples e humilde.
Ele não deixou a vaidade e o orgulho tomarem conta de si.
No Twitter ele é seguido por milhões e segue centenas de milhares @BarackObama.
Entretanto, aqueles que deveriam ter bondade, consideração, atenção e carinho para com os seus seguidores, negam essa valiosa e reconfortante atitude.
Não se sabe exatamente se é por inocente descuido, ou de propósito; condenando a si mesmo como sábios, prepotentes, soberbos.
Infelizmente constatamos que a maioria dos líderes religiosos estão no topo dessa lista.
Parece que não sabem o quanto é gratificante para os seus fiéis seguidores receber um pouco de consideração.
Alguém, fruto dessa consideração, pode usar as seguintes expressões:
Sabe quem está me seguindo no Twitter?
Não!
Barack Obama!
Nossa!
Verdade?
Barack Obama não é líder religioso, mas aprendeu a arte da multiplicação!
“Porque a qualquer que tiver será dado, e terá em abundância; mas ao que não tiver até o que tem ser-lhe-á tirado.” Mateus 25:29.
Nem sempre o bom homem de Deus está no lugar que presumivelmente, nós achamos que deveria estar!
Veja o livro.
https://play.google.com/store/books/details?id=lBImDAAAQBAJ

Nenhum comentário:

Postar um comentário